Notícia

Quem vai pagar o recurso extra do Governo, negociado com o Banco do Brasil?

POR SINSP/RN, 02/07/2019

A venda da conta da folha salarial a uma instituição financeira é uma das formas elencadas pelo Governo do RN para arrecadar recurso extra, que serviria para o Estado pagar os salários em atraso. Segundo o governo, o Banco do Brasil é um dos bancos que participa da possível negociação, e a quem o Estado já deve mais de R$ 100 milhões. O Estado espera receber do banco pelo menos R$ 250 milhões.

Quem vai pegar essa conta?

 Esse valor será pago, ao longo do meses, pelos próprios servidores públicos através de tarifa de manutenção da conta-corrente (pacote de serviços o cartão magnético, talão de cheques, transferências, saques, DOC/TED, extratos); juros de cheque especial (que possuem taxas altas); anuidades e encargos de cartões de crédito; financiamento de veículos; financiamento de imóveis; crédito pessoal; captação de investimentos e poupança, que são as atividades oferecidas pelo banco.

Quem vai pagar essa conta é você, servidor! Por isso, é preciso que o governo insista, durante a negociação da folha de pagamento, por outros benefícios para o servidor como a redução dessas taxas. 

Entenda

A dívida de R$ 100 milhões do Governo do RN ao Banco do Brasil existe pois o Estado deixou de repassar ao banco os milhões retirados do salário dos servidores. O desconto foi feito dos funcionários que tinham empréstimo consignados para serem transferidos ao banco.